Notícias

Espirito Santo sofre onda de violência por falta de policiamento nas ruas e vira destaque na imprensa Mundial.

Em meio as ondas de violência em que estamos vivendo por todo o pais, o destaque vai para a crise na segurança no Espirito Santo (ES) onde a criminalidade tomou conta da capital Vitória e de diversas cidades do estado.

A situação fugiu do controle pois o estado está sem Policiais nas ruas desde a última sexta-feira (03). E a violência registrada já virou destaque na mídia internacional.

Os familiares dos Policiais estão na frente dos quarteis os impedindo de trabalhar enquanto não houver melhores condições e benefícios para a corporação.

Até o momento já foram registrados dezenas de homicídios, saques e roubos em todo o estado.
Diante de tanta violência nesta segunda-feira (6) o governo federal autorizou o envio das Forças Armadas para tentar conter o caos instaurado no estado.

A violência atual faz pensar nos prejuízos que a sociedade enfrentaria caso houvesse a desmilitarização da Policia Militar como alguns grupos atualmente defendem. Existe até uma proposta de mudança na Constituição onde através de uma emenda as policias seriam unificadas (Militar e Civil) e todos os policiais teriam uma formação civil.
Hoje temos a PM com o policiamento ostensivo e a Civil cuidando de investigações. E percebemos que ainda é ineficiente.

Vendo o quanto a sociedade sofre desarmada sem poder se defender ainda teríamos policiais desarmados? Onde estaríamos seguros?
O porte de arma mesmo de forma legal também pode representar um grande perigo para a sociedade. Porem sociedade e policia desarmada, onde iriamos parar?

Espirito Santo vem ilustrando a forma que o Brasil inteiro viveria caso esse tipo de mediada fosse aprovada.

Comentários

Melhores da Semana

Subir